segunda-feira, 26 de março de 2012

Teatro da Páscoa

Teatro para a comemoração da Páscoa



“A toca de chocolate e a família do coelho Pascoal – uma família especial”

Os coelhos entram cantando a música:

Chegou à Páscoa

A Páscoa chegou, oh, oh,
E com ela eu vou, oh, oh,
Ganhar aquele ovo gostoso – bis
Que só de pensar
Fico meio bobo
E eu bem que mereço,
Do coelho esse presentão
Estudei bastante,
Fui comportado
Pro papai e pra mamãe
Não fiz malcriação
Venha coelho amigo
Vamos juntos comemorar
A Páscoa, festa tão linda,
Que sempre vou adorar.

Narrador
Era uma vez, uma toca, feitinha de chocolate, no meio de um lindo bosque, onde morava o Senhor Pascoal, um coelho muito especial, a Dona Coelha que se chamava Ninota e os seus filhotes: Fofinho e Fofona.

A mãe coelha cuidava deles com muito carinho e na toca de chocolate, cada um tinha sua tarefa:
* D. Ninota fazia deliciosos ovos de chocolate.
* Fofinho por ser muito forte, carregava a cesta de ovos de Páscoa, sem derrubar nenhum. E era aquele que passava entre os galhos de árvores mais apertados para entregar os ovinhos de Páscoa, sem deixar que nenhum se quebrasse.
* Fofona era responsável por colocar os ovos nos lugares mais altos e criava muitos esconderijos para os ovos da Páscoa.

(Enquanto o narrador for descrevendo cada um dos coelhos, de um em um, vão para frente e dizem: “Eu sou especial”, “eu sou o máximo”, “eu sou demais”).

Narrador: Assim, durante a Páscoa, ninguém ficava sem receber ovos de Páscoa.
Todos recebiam: Os que moravam em lugares altos, baixos e apertados para chegar.

Narrador: Um dia Dona Ninota falou:

D. Ninota: Meu primo Nino esta vindo passar um tempo conosco.
Isso é muito bom! Vai ser mais um coelhinho para nos ajudar.

Fofinho: Onde mora o Tio Nino?

D. Ninota: Ele mora atrás das colinas e mandou avisar que trará muitos ovinhos coloridos.

D. Ninota: vamos arrumar a toca para esperar o primo Nino.

(eles arrumam a casa)

D. Ninota: A casa ficou linda!

Fofona: Vamos preparar uma música para receber o tio Nino, pessoal?

Todos: É vamos.

Fofinho: Vamos, crianças?

(Cantam a música)
Páscoa
Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim ? Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Coelhinho da Páscoa, que cor eles têm ? Azul, amarelo e vermelho também ! Azul, amarelo e vermelho também ! Coelhinho da Páscoa, com quem vais dançar? Com esta menina que sabe cantar ! Com esta menina que sabe cantar ! Coelhinho maroto, porque vais fugir? Em todas as casas eu tenho que ir ! Em todas as casas eu tenho que ir ! D. Ninota: Olhem! Lá vem o primo Nino.
Primo Nino: Olá, pessoal!

Todos: Olá, primo Nino!

Fofona: Primo Nino, preparamos uma canção para você.
Vamos cantar, pessoal?

(Cantam a música)

Fofinho: Mamãe, primo Nino usa óculos.
Ele não vai poder nos ajudar com os ovos da Páscoa. Quando ele pular, ira derrubar os óculos, e, além disso, já esta velhinho.

Fofona: Fofinho, primo Nino ficou triste.
Não fique triste primo Nino.

D. Ninota: O primo Nino não pode pular muito rápido por causa dos óculos e porque já está velhinho. Porém, ele sabe pintar ovinhos da páscoa como ninguém.

Todos: É?

Primo Nino: É sim. Eu sei pintar ovos de todas as cores e se vocês quiserem, eu ensino pra vocês também.

Todos: Que bom! Eu quero! Eu quero!

Narrador: Então, o primo Nino ensinou a todos, como pintar lindos ovos da Páscoa.
E nunca naquele bosque, tivera ovos tão diferentes.
É assim que a Páscoa acontece: com muito amor, fraternidade e aceitando as diferenças

Todos cantam a música:

O coelho bota ovo

O coelho é o símbolo da páscoa
Mas o ovo de onde é que ele vem?
Se a páscoa não tem pato nem galinha
E nem gema esse ovo tem
O ovo simboliza nova vida
Uma esperança de renovação
O coelho nos traz a fertilidade
E o desejo de uma grande união
O que importa mesmo é o chocolate
Crocante, branco ou marrom.
Mas o ovo fica muito mais gostoso
Quando vem recheado de bombom.


(Todos se abraçam felizes)
Teatro para a comemoração da Páscoa



“A toca de chocolate e a família do coelho Pascoal – uma família especial”

Os coelhos entram cantando a música:

Chegou à Páscoa

A Páscoa chegou, oh, oh,
E com ela eu vou, oh, oh,
Ganhar aquele ovo gostoso – bis
Que só de pensar
Fico meio bobo
E eu bem que mereço,
Do coelho esse presentão
Estudei bastante,
Fui comportado
Pro papai e pra mamãe
Não fiz malcriação
Venha coelho amigo
Vamos juntos comemorar
A Páscoa, festa tão linda,
Que sempre vou adorar.

Narrador
Era uma vez, uma toca, feitinha de chocolate, no meio de um lindo bosque, onde morava o Senhor Pascoal, um coelho muito especial, a Dona Coelha que se chamava Ninota e os seus filhotes: Fofinho e Fofona.

A mãe coelha cuidava deles com muito carinho e na toca de chocolate, cada um tinha sua tarefa:
* D. Ninota fazia deliciosos ovos de chocolate.
* Fofinho por ser muito forte, carregava a cesta de ovos de Páscoa, sem derrubar nenhum. E era aquele que passava entre os galhos de árvores mais apertados para entregar os ovinhos de Páscoa, sem deixar que nenhum se quebrasse.
* Fofona era responsável por colocar os ovos nos lugares mais altos e criava muitos esconderijos para os ovos da Páscoa.

(Enquanto o narrador for descrevendo cada um dos coelhos, de um em um, vão para frente e dizem: “Eu sou especial”, “eu sou o máximo”, “eu sou demais”).

Narrador: Assim, durante a Páscoa, ninguém ficava sem receber ovos de Páscoa.
Todos recebiam: Os que moravam em lugares altos, baixos e apertados para chegar.

Narrador: Um dia Dona Ninota falou:

D. Ninota: Meu primo Nino esta vindo passar um tempo conosco.
Isso é muito bom! Vai ser mais um coelhinho para nos ajudar.

Fofinho: Onde mora o Tio Nino?

D. Ninota: Ele mora atrás das colinas e mandou avisar que trará muitos ovinhos coloridos.

D. Ninota: vamos arrumar a toca para esperar o primo Nino.

(eles arrumam a casa)

D. Ninota: A casa ficou linda!

Fofona: Vamos preparar uma música para receber o tio Nino, pessoal?

Todos: É vamos.

Fofinho: Vamos, crianças?

(Cantam a música)
Páscoa
Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim ? Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Coelhinho da Páscoa, que cor eles têm ? Azul, amarelo e vermelho também ! Azul, amarelo e vermelho também ! Coelhinho da Páscoa, com quem vais dançar? Com esta menina que sabe cantar ! Com esta menina que sabe cantar ! Coelhinho maroto, porque vais fugir? Em todas as casas eu tenho que ir ! Em todas as casas eu tenho que ir ! D. Ninota: Olhem! Lá vem o primo Nino.
Primo Nino: Olá, pessoal!

Todos: Olá, primo Nino!

Fofona: Primo Nino, preparamos uma canção para você.
Vamos cantar, pessoal?

(Cantam a música)

Fofinho: Mamãe, primo Nino usa óculos.
Ele não vai poder nos ajudar com os ovos da Páscoa. Quando ele pular, ira derrubar os óculos, e, além disso, já esta velhinho.

Fofona: Fofinho, primo Nino ficou triste.
Não fique triste primo Nino.

D. Ninota: O primo Nino não pode pular muito rápido por causa dos óculos e porque já está velhinho. Porém, ele sabe pintar ovinhos da páscoa como ninguém.

Todos: É?

Primo Nino: É sim. Eu sei pintar ovos de todas as cores e se vocês quiserem, eu ensino pra vocês também.

Todos: Que bom! Eu quero! Eu quero!

Narrador: Então, o primo Nino ensinou a todos, como pintar lindos ovos da Páscoa.
E nunca naquele bosque, tivera ovos tão diferentes.
É assim que a Páscoa acontece: com muito amor, fraternidade e aceitando as diferenças

Todos cantam a música:

O coelho bota ovo

O coelho é o símbolo da páscoa
Mas o ovo de onde é que ele vem?
Se a páscoa não tem pato nem galinha
E nem gema esse ovo tem
O ovo simboliza nova vida
Uma esperança de renovação
O coelho nos traz a fertilidade
E o desejo de uma grande união
O que importa mesmo é o chocolate
Crocante, branco ou marrom.
Mas o ovo fica muito mais gostoso
Quando vem recheado de bombom.


(Todos se abraçam felizes)
Teatro para a comemoração da Páscoa



“A toca de chocolate e a família do coelho Pascoal – uma família especial”

Os coelhos entram cantando a música:

Chegou à Páscoa

A Páscoa chegou, oh, oh,
E com ela eu vou, oh, oh,
Ganhar aquele ovo gostoso – bis
Que só de pensar
Fico meio bobo
E eu bem que mereço,
Do coelho esse presentão
Estudei bastante,
Fui comportado
Pro papai e pra mamãe
Não fiz malcriação
Venha coelho amigo
Vamos juntos comemorar
A Páscoa, festa tão linda,
Que sempre vou adorar.

Narrador
Era uma vez, uma toca, feitinha de chocolate, no meio de um lindo bosque, onde morava o Senhor Pascoal, um coelho muito especial, a Dona Coelha que se chamava Ninota e os seus filhotes: Fofinho e Fofona.

A mãe coelha cuidava deles com muito carinho e na toca de chocolate, cada um tinha sua tarefa:
* D. Ninota fazia deliciosos ovos de chocolate.
* Fofinho por ser muito forte, carregava a cesta de ovos de Páscoa, sem derrubar nenhum. E era aquele que passava entre os galhos de árvores mais apertados para entregar os ovinhos de Páscoa, sem deixar que nenhum se quebrasse.
* Fofona era responsável por colocar os ovos nos lugares mais altos e criava muitos esconderijos para os ovos da Páscoa.

(Enquanto o narrador for descrevendo cada um dos coelhos, de um em um, vão para frente e dizem: “Eu sou especial”, “eu sou o máximo”, “eu sou demais”).

Narrador: Assim, durante a Páscoa, ninguém ficava sem receber ovos de Páscoa.
Todos recebiam: Os que moravam em lugares altos, baixos e apertados para chegar.

Narrador: Um dia Dona Ninota falou:

D. Ninota: Meu primo Nino esta vindo passar um tempo conosco.
Isso é muito bom! Vai ser mais um coelhinho para nos ajudar.

Fofinho: Onde mora o Tio Nino?

D. Ninota: Ele mora atrás das colinas e mandou avisar que trará muitos ovinhos coloridos.

D. Ninota: vamos arrumar a toca para esperar o primo Nino.

(eles arrumam a casa)

D. Ninota: A casa ficou linda!

Fofona: Vamos preparar uma música para receber o tio Nino, pessoal?

Todos: É vamos.

Fofinho: Vamos, crianças?

(Cantam a música)
Páscoa
Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim ? Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Coelhinho da Páscoa, que cor eles têm ? Azul, amarelo e vermelho também ! Azul, amarelo e vermelho também ! Coelhinho da Páscoa, com quem vais dançar? Com esta menina que sabe cantar ! Com esta menina que sabe cantar ! Coelhinho maroto, porque vais fugir? Em todas as casas eu tenho que ir ! Em todas as casas eu tenho que ir ! D. Ninota: Olhem! Lá vem o primo Nino.
Primo Nino: Olá, pessoal!

Todos: Olá, primo Nino!

Fofona: Primo Nino, preparamos uma canção para você.
Vamos cantar, pessoal?

(Cantam a música)

Fofinho: Mamãe, primo Nino usa óculos.
Ele não vai poder nos ajudar com os ovos da Páscoa. Quando ele pular, ira derrubar os óculos, e, além disso, já esta velhinho.

Fofona: Fofinho, primo Nino ficou triste.
Não fique triste primo Nino.

D. Ninota: O primo Nino não pode pular muito rápido por causa dos óculos e porque já está velhinho. Porém, ele sabe pintar ovinhos da páscoa como ninguém.

Todos: É?

Primo Nino: É sim. Eu sei pintar ovos de todas as cores e se vocês quiserem, eu ensino pra vocês também.

Todos: Que bom! Eu quero! Eu quero!

Narrador: Então, o primo Nino ensinou a todos, como pintar lindos ovos da Páscoa.
E nunca naquele bosque, tivera ovos tão diferentes.
É assim que a Páscoa acontece: com muito amor, fraternidade e aceitando as diferenças

Todos cantam a música:

O coelho bota ovo

O coelho é o símbolo da páscoa
Mas o ovo de onde é que ele vem?
Se a páscoa não tem pato nem galinha
E nem gema esse ovo tem
O ovo simboliza nova vida
Uma esperança de renovação
O coelho nos traz a fertilidade
E o desejo de uma grande união
O que importa mesmo é o chocolate
Crocante, branco ou marrom.
Mas o ovo fica muito mais gostoso
Quando vem recheado de bombom.


(Todos se abraçam felizes)
Teatro para a comemoração da Páscoa



“A toca de chocolate e a família do coelho Pascoal – uma família especial”

Os coelhos entram cantando a música:

Chegou à Páscoa

A Páscoa chegou, oh, oh,
E com ela eu vou, oh, oh,
Ganhar aquele ovo gostoso – bis
Que só de pensar
Fico meio bobo
E eu bem que mereço,
Do coelho esse presentão
Estudei bastante,
Fui comportado
Pro papai e pra mamãe
Não fiz malcriação
Venha coelho amigo
Vamos juntos comemorar
A Páscoa, festa tão linda,
Que sempre vou adorar.

Narrador
Era uma vez, uma toca, feitinha de chocolate, no meio de um lindo bosque, onde morava o Senhor Pascoal, um coelho muito especial, a Dona Coelha que se chamava Ninota e os seus filhotes: Fofinho e Fofona.

A mãe coelha cuidava deles com muito carinho e na toca de chocolate, cada um tinha sua tarefa:
* D. Ninota fazia deliciosos ovos de chocolate.
* Fofinho por ser muito forte, carregava a cesta de ovos de Páscoa, sem derrubar nenhum. E era aquele que passava entre os galhos de árvores mais apertados para entregar os ovinhos de Páscoa, sem deixar que nenhum se quebrasse.
* Fofona era responsável por colocar os ovos nos lugares mais altos e criava muitos esconderijos para os ovos da Páscoa.

(Enquanto o narrador for descrevendo cada um dos coelhos, de um em um, vão para frente e dizem: “Eu sou especial”, “eu sou o máximo”, “eu sou demais”).

Narrador: Assim, durante a Páscoa, ninguém ficava sem receber ovos de Páscoa.
Todos recebiam: Os que moravam em lugares altos, baixos e apertados para chegar.

Narrador: Um dia Dona Ninota falou:

D. Ninota: Meu primo Nino esta vindo passar um tempo conosco.
Isso é muito bom! Vai ser mais um coelhinho para nos ajudar.

Fofinho: Onde mora o Tio Nino?

D. Ninota: Ele mora atrás das colinas e mandou avisar que trará muitos ovinhos coloridos.

D. Ninota: vamos arrumar a toca para esperar o primo Nino.

(eles arrumam a casa)

D. Ninota: A casa ficou linda!

Fofona: Vamos preparar uma música para receber o tio Nino, pessoal?

Todos: É vamos.

Fofinho: Vamos, crianças?

(Cantam a música)
Páscoa
Coelhinho da Páscoa, que trazes pra mim ? Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Um ovo, dois ovos, três ovos assim ! Coelhinho da Páscoa, que cor eles têm ? Azul, amarelo e vermelho também ! Azul, amarelo e vermelho também ! Coelhinho da Páscoa, com quem vais dançar? Com esta menina que sabe cantar ! Com esta menina que sabe cantar ! Coelhinho maroto, porque vais fugir? Em todas as casas eu tenho que ir ! Em todas as casas eu tenho que ir ! D. Ninota: Olhem! Lá vem o primo Nino.
Primo Nino: Olá, pessoal!

Todos: Olá, primo Nino!

Fofona: Primo Nino, preparamos uma canção para você.
Vamos cantar, pessoal?

(Cantam a música)

Fofinho: Mamãe, primo Nino usa óculos.
Ele não vai poder nos ajudar com os ovos da Páscoa. Quando ele pular, ira derrubar os óculos, e, além disso, já esta velhinho.

Fofona: Fofinho, primo Nino ficou triste.
Não fique triste primo Nino.

D. Ninota: O primo Nino não pode pular muito rápido por causa dos óculos e porque já está velhinho. Porém, ele sabe pintar ovinhos da páscoa como ninguém.

Todos: É?

Primo Nino: É sim. Eu sei pintar ovos de todas as cores e se vocês quiserem, eu ensino pra vocês também.

Todos: Que bom! Eu quero! Eu quero!

Narrador: Então, o primo Nino ensinou a todos, como pintar lindos ovos da Páscoa.
E nunca naquele bosque, tivera ovos tão diferentes.
É assim que a Páscoa acontece: com muito amor, fraternidade e aceitando as diferenças

Todos cantam a música:

O coelho bota ovo

O coelho é o símbolo da páscoa
Mas o ovo de onde é que ele vem?
Se a páscoa não tem pato nem galinha
E nem gema esse ovo tem
O ovo simboliza nova vida
Uma esperança de renovação
O coelho nos traz a fertilidade
E o desejo de uma grande união
O que importa mesmo é o chocolate
Crocante, branco ou marrom.
Mas o ovo fica muito mais gostoso
Quando vem recheado de bombom.


(Todos se abraçam felizes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário